Shayna Bazsler “Foi bom para mim Julianna Pena ter vencido o TUF 18. Agora posso ter a revanche”

Shayna Baszler era considerada a favorita para vencer o The Ultimate Fighter 18. Ela foi a primeira atleta escolhida por Ronda Rousey.

Mas fazendo a primeira luta da temporada, Shayna decepcionou e perdeu para Julianna Pena, até então desconhecida e hoje campeã do TUF 18. E Shayna em entrevista para o www.sherdog.com afirma que gostou de Julianna ter vencido.

“A primeira coisa que eu senti quando Julianna ganhou foi, sim, agora a justiça será doce quando tivermos uma revanche. Porque eu dei um salto para trás. Não é que eu tenha que vencer ela, ou qualquer outra. Se a Jessica tivesse vencido, eu não precisaria de uma revanche com Julianna e lutaria com Jessica. Eu quero que as pessoas entendem quem é a “Rainha de espadas”. Eu posso  pular direto para o topo e conseguir a revanche. É bom para mim em termos de carreira, eu acho que foi bom ela ter vencido”.

Desde que perdeu e Ronda tomou suas dores, Shayna virou TEAM ROUSEY de carteirinha e ela não poupa elogios para a campeã peso galo do UFC. “Ronda realmente, verdadeiramente, se preocupava com a gente. Sempre que ela tinha chance de nos ajudar, ela fez. É engraçado porque eu vejo as pessoas postando coisas como “Ronda não se importava com sua equipe, ela só não queria perder para Miesha”. Mas você não vê fotos de Miesha saindo com sua equipe, mas todos nós do TEAM ROUSEY fazíamos isso. Acho que criamos o melhor vínculo que uma equipe do TUF já teve. Recentemente Davey Grant veio da Inglaterra para o fim do seu camp e ficou na casa de Ronda. Ela abraçou a equipe como um todo”.

Shayna se deu tão bem com Ronda, que ele e Jessamyn Duke, que também fazia parte do TEAM ROUSEY, estão treinando com Ronda. Shayna está deixando Dakota do Sul e de mudança para a Califórnia.

“Eu não quero viver o resto da minha vida pensando o que eu realmente poderia ter feito com a minha carreira se eu não arriscasse. Eu acho que eu fiz tudo o que poderia ter feito até hoje, então chegou a hora de mudar as coisas.”

A “Rainha de espadas” deve fazer sua estreia no UFC no começo do ano que vem.

COMENTÁRIOS

comentários

Fabíola Nishi

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA