Ronda Rousey enfrentará Amanda Nunes se ela quiser garante Dana White

Ronda Rousey não luta desde o dia 14 de novembro de 2015, quando sofreu a primeira derrota na carreira, ao ser nocauteada por Holly Holm, no UFC 193.

Mesmo sem lutar, assim que voltar a ex-campeã peso galo disputará o cinturão, segundo o presidente do UFC, Dana White. A queridinha do patrão venceu 6 lutas seguidas no UFC, contra Liz Carmouche, Miesha Tate, Sara McMann, Alexis Davis, Cat Zingano e Bethe Correia.

Desde que Ronda perdeu o cinturão, nenhuma lutadora conseguiu defendê-lo. Holly Holm perdeu para Miesha Tate, que na primeira defesa perdeu para a brasileira Amanda Nunes, no UFC 200.

Será que Amanda vai conseguir manter o cinturão?

“Ronda vai tomar essa decisão” disse Dana sobre sua volta. “Eu gostaria de vê-la lutar este ano, mas pode ser no início do próximo ano também”.

E sobre a adversária, Dana é taxativo.

“Quem for a campeã da época, é contra quem Ronda vai lutar”.

Se Ronda não voltar esse ano, pode ser que Holly Holm tenha outra chance de cinturão.

Holm foi derrotada por Miesha em março e no próximo dia 23 ela volta ao octógono para enfrentar Valentina Shevchenko na luta principal do UFC on Fox Chicago.

“Se Ronda voltar, ela terá a oportunidade. Vamos ver o que acontece com Holly Holm em sua próxima luta”.

 

 

 

COMENTÁRIOS

comentários

Fabíola Nishi

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA