Qual o próximo passo para as lutadoras do UFC 202?

O UFC 202 trouxe no seu card preliminar duas lutas femininas: Cortney Casey finalizou Randa Markos, enquanto Raquel Pennington superou Elizabeth Phillips na decisão unânime dos jurados. E qual seria o duelo ideal para cada lutadora após o evento de sábado? Acompanhe abaixo os meus pitacos!

Raquel Pennington:

Finalmente Pennington engata uma boa sequência de vitórias no UFC. Após intercalar duas vitórias e duas derrotas no Ultimate, Raquel venceu Jessica Andrade, Bethe Correia e Elizabeth Phillips em sequência, garantindo não só a sua subida no ranking peso galo, como também a chance de encarrar uma top 5 da divisão, afim de ter a chance de uma disputa pelo cinturão. Pennington participou do The Ultimate Fighter: Team Ronda vs. Team Tate, sendo escolhida por Miesha Tate para compor o time e dividindo espaço com a atual top 5 da categoria Juliana Penna, do qual foram colegas de equipe. Pennington já lutou com Holly Holm, Miesha e Juliana foram suas colegas de equipe no TUF e talvez não tenham interesse de se enfrentar numa luta que não valha o cinturão. Ronda tem carta branca e se voltar a lutar irá diretamente para uma disputa de título, restando apenas uma lutadora do top 5: Valentina Shevchenko! Caso o duela seja marcado, certamente a vencedora se torna a próxima da fila ao cinturão.

Cortney Casey:

De quase demitida ao top 15 da divisão! Casey estreou no UFC e foi derrotada em suas duas primeiras lutas na organização. À beira da demissão Cortney precisava vencer para se manter no Ultimate e fez bonito ao nocautear Cristina Stanciu no primeiro round no UFN 91. Em pouco mais de um mês Casey recebeu outra oportunidade de mostrar seu trabalho, porém dessa vez contra uma atleta mais gabaritada. Lutando contra a top 13 da categoria peso palha, Casey venceu Randa Markos ainda no primeiro round, desse vez por finalização no UFC 202, o que certamente vai lhe colocar entre as top 15 da divisão. Uma boa luta seria contra Maryna Moroz que vem de vitórias contra duas estreantes e precisa se firmar como uma lutadora top 10 da divisão.

E qual o próximo passo para quem saiu derrotada do UFC 202?

Elizabeth Phillips: O momento não é bom para a americana Phillips que amarga 3 derrotas em 4 lutas no UFC. Sua única vitória foi por decisão dos juízes, contra Jessamyn Duke que atualmente não compõe o quadro de funcionários da companhia. Com este novo revés para Raquel Pennington, Elizabeth fica na corda bamba e deve receber uma última chance da organização. Uma boa luta seria contra Lauren Murphy, que vive um cenário idêntico ao seu, possuindo 1 vitória e 3 derrotas. Esta luta colocaria as duas atletas à prova, definindo quem fica e quem deixa o UFC.

Randa Markos: Vivendo uma montanha russa em sua carreira, a atual número 13 da categoria Randa Markos ainda não conseguiu firmar duas vitórias seguidas no UFC e provavelmente deixará o top 15 da divisão após a derrota para a até então não ranqueada Cortney Casey. Possuindo 2 vitórias e 3 derrotas no peso palha, Markos precisa vencer sua próxima luta para não se colocar numa situação difícil dentro da companhia. Duas lutadoras seriam uma boa luta para Randa, por viverem um período de instabilidade no evento: Seo Hee Ham e Alex Chambers. Randa precisa rever seus treinos e estilo de luta para vencer e retornar ao top 15 do ranking.

COMENTÁRIOS

comentários

Edgard Garcia
Edgard Garcia, brasileiro, amante de lutas e de esportes. "Vejo o MMA como paixão mundial dentre alguns anos, e amanhã, quando olhar para trás, quero ver o quanto o esporte evoluiu, as oportunidades cresceram e a vida de muitos tomou um rumo melhor por meio do desporto".

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA