Quais são as lutadoras que seguem invictas no MMA?

Lutar em alto nível e manter a invencibilidade no MMA é uma missão difícil no momento atual do esporte, no ano passado vimos Ronda Rousey sofrer a sua primeira derrota, provando que não existe lutadora imbatível, selecionamos alguns nomes de destaque internacional que só venceram e irão tentar manter isso a todo custo neste ano.

Holly Holm, 34 anos, dez vitórias, sendo sete por nocaute ou tko e três por decisão dos jurados, atual campeã peso galo do UFC, em novembro passado escreveu seu nome no esporte ao derrubar Ronda Rousey com um chute certeiro no segundo round. Em março, ela coloca seu cinturão em jogo contra Miesha Tate, será que a “Filha do Pastor” seguirá invicta no MMA?

Joanna Jedrzejczyk, 28 anos, onze vitórias, sendo quatro por nocaute, uma por finalização e seis na decisão dos jurados, atual campeã peso palha do UFC, seu próximo compromisso na franquia deverá ser contra Cláudia Gadelha sua principal rival na divisão até 52 quilos, evoluindo a cada apresentação, a pergunta que os fãs fazem é: Quem será capaz de parar a “máquina de bater”, apelido carinhoso que a polonesa recebeu dos internautas.

Karolina Kowalkiewicz, 30 anos, oito vitórias, uma por nocaute, duas por finalização e seis por decisão, estreou bem no UFC derrotando Randa Markos no UFC on Fox 19, tem muito para provar, mas já mostrou que veio para ficar entre as cinco melhores da divisão peso palha.

Tecia Torres, 26 anos, sete triunfos no seu cartel, sendo todos eles na decisão dos jurados, não convence muito o público mais exigente do MMA, mas a atleta da ATT segue sem conhecer o que é derrota dentro do octógono, para 2016, deverá enfrentar mais lutadoras do Top 5 da sua divisão.

Lívia Renata Souza, 24 anos, oito vitórias, sendo sete por finalização e uma por decisão, temida pelo seu jiu-jitsu de alto nível, a jovem brasileira é campeã do peso palha do Invicta FC 15 e no próximo dia 16 de janeiro vem para a primeira defesa do cinturão contra DeAnna Bennet, que também segue sem derrota no MMA.

DeAnna Bennett, 31 anos, oito vitórias, duas por nocaute, duas por finalização e quatro por decisão, algumas polêmicas, sempre competiu na categoria peso mosca, mas decidiu migrar para o peso palha mirando uma contratação pelo UFC. Tem a dura missão de duelar contra Lívia Renata Souza pelo título da divisão até 52 quilos neste sábado, 16 de janeiro, no Invicta FC 15.

Alexa Grasso, 22 anos, sete vitórias, quatro por nocaute e três por decisão, não luta desde fevereiro de 2015 quando derrotou Mizuki Inoue, consolidando o seu nome como uma das principais revelações na categoria peso palha, a mexicana vem superando uma série de lesões e é um nome forte para estar presente no TUF 23.

Menção honrosa para: Marília Chocolate, Viviane Sucuri, Thaty Bergamaschi, Katlyn Chookagian e Agnieszka Niedwiedz, que seguem invictas no esporte, mas ainda faltam provar maiores desafios em eventos como Invicta FC e UFC.

COMENTÁRIOS

comentários

Pedro Henrique
Respiro WMMA 26 horas por dia, só irei descansar quando as mulheres chegarem no mesmo nível dos homens!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA