Mcmann vs Eye – Um duelo regido pelo medo

Após duas derrotas consecutivas para as duas atletas, Sara Mcmann X Jessica Eye tinha tudo para ser um dos melhores duelos da noite, mas foi cadenciado pelo medo, medo da derrota e consciência de uma possível demissão, o que acabou fazendo da luta uma das menos empolgantes, se não a menos empolgante da noite, o que foi um tremendo erro pois, caso a luta fosse acirrada e empolgante, ainda que com derrota, a chance de agradar aos patrões aumentaria significativamente, podendo até render um bônus de luta da noite.  

As estratégias estavam claras, como eu havia comentado na matéria anterior ( Sara Macmann vs Jessica Eye – Matar ou morrer).

Eye não buscou a luta pelo medo de ser derrubada enquanto Mcmann temia encurtar a distância por medo de ser golpeada pelo boxe superior da adversária. A luta transcorreu de maneira tediosa no 1 round, quase sem efetividade alguma, com um pouco mais de esforço por parte de Sara. O som da buzina que encerrou o 1 Round acabou sendo misturado com as vaias do público. 

No 2o e 3o round tivemos o jogo de Sara Mcmann sendo superior e com muito custo, após amassar Eye na grade a luta foi para o solo. 

Aquela característica da lutadora Evil Eye que foi com tudo na luta contra Leslie Smith já faz algum tempo que não aparece no octógono. Quando a luta vai para o chão, saindo da sua zona de conforto, sua tendência é travar a adversária e esperar o tempo passar, até que o árbitro separe as lutadoras e volte a luta em pé. Eye não entra no jogo, tentado fazer transições no solo afim de buscar uma finalização. Isso faz dela uma lutadora de mão única, que dificilmente traz surpresas para a luta. 

Do outro lado temos Sara Mcmann, uma lutadora igualmente limitada, buscando o tempo interior quedar e cair por cima para fazer seu ground and pound (que só foi efetivo em sua estreia no UFC), mostrando claramente não ter ajuste nas tentativas de finalização. 

Apesar da vitória, Sara Mcmann não tem muito a comemorar, pois continuou a decepcionar em mais uma oportunidade. Jessica Eye precisa de uma mudança radical em seus treinamentos. Talvez uma troca de academia, que busque um outro tipo de jogo e que possa ajudar a se reinventar, pois sua situação enquanto lutadora de MMA encontrasse cada vez mais complicada. 

Falando em luta de MMA é nítido o quanto ambas atletas são unilaterais em seus jogos. Jessica Eye não aceitou as lutas corretas ou confiou de mais no seu jogo nos últimos 3 combates, sendo 3 derrotas em função do jogo de chão das adversárias. Já Sara Mcmann sucumbiu à técnica de lutadoras mais versáteis e se mostrou frágil em diversas áreas, até mesmo no solo onde teoricamente teria vantagem. 

Podemos concluir que tanto Sara quanto Jessica não pertencem ao top 10 da categoria e que dificilmente chegarão à uma disputa de título caso não reavaliem suas carreiras como lutadoras de Artes Marciais Mistas. Caso Jessica Eye receba outra chance do evento e não seja demitida, terá que apelar e lutar com lutadoras de fora do ranking, para talvez dar alguns passos rumo à elite da categoria. 

COMENTÁRIOS

comentários

Edgard Garcia
Edgard Garcia, brasileiro, amante de lutas e de esportes. "Vejo o MMA como paixão mundial dentre alguns anos, e amanhã, quando olhar para trás, quero ver o quanto o esporte evoluiu, as oportunidades cresceram e a vida de muitos tomou um rumo melhor por meio do desporto".

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA