Julianna Pena quebra o silêncio e fala sobre o incidente que causou sua lesão

Até hoje ninguém soube o verdadeiro motivo que causou a grave lesão da vencedora do TUF 18. Julianna Pena.

Dana White afirmou que Julianna foi atacada por um companheiro de equipe. Na época do acidente, o chefão declarou: “É a pior lesão que eu já ouvi falar  neste esporte e você só ouve sobre esses tipos de lesões no futebol americano. Aparentemente, quando ela entrou na academia – ela estava histérica quando falei com ela, chorando – ela estava treinando em sua academia e um de seus parceiros de treino, um rapaz, disse a ela: ‘oh, você está vestindo sua camisa do Ultimate Fighter, nós estamos com medo de verdade. Ele pulou em suas costas, pegou seu seu pescoço, e do jeito que ela caiu seu joelho estourou. A coisa mais nojenta que eu já ouvi na minha vida. Um ano e meio a dois anos ela vai estar fora , e eu disse a ela para deixar essa academia nojenta e ir para outro lugar com novos treinadores, novos companheiros de treino”.

Um de seus treinadores disse que a lesão aconteceu em um treino normal, mas Julianna nunca tinha se pronunciado.

A venezuelana participou do programa “The Jason Ellis Show” (via MMA Mania) e finalmente quebrou o silêncio.

“Acho que não expliquei incorretamente o que aconteceu para o Dana, acho que expliquei 110 por cento exatamente como a história foi. O que aconteceu foi, eu não estava mesmo usando uma camisa do Ultimate Fighter, porque o garoto me disse que achava que era um protetor de prurido do Ultimate Fighter. Mas, aqui está a coisa, é um protetor de prurido cinzento… Ele tinha um pequeno emblema do UFC. Eu estava usando isso, eu estava atrasada. Então cheguei lá e era tipo “Depressa, vamos lá. Então ele disse “Oh, você está usando seu protetor do prurido de Ultimate Fighter.” Não entendi o que ele quis dizer com isso. “você é muito difícil, estou realmente com medo” Sei lá o que aconteceu… um tempo depois meu joelho estava destruído”.

E Julianna continua a explicação:

“Normalmente no ginásio, quando há muitas pessoas, não há espaço suficiente. Mas, neste caso, era só eu e ele no tatame. Não havia ninguém, então começamos o treino. De repente lembro de ter pensado “você não está me levando para baixo, cara”. Ele estava tentando me derrubar. Então, eu tinha minha omoplata na parede de trás, e ele estava tentando aplicar um mata-leão. Isso me irritou. Eu estava conseguindo sair e ele estava tentando me arrastar para o chão e me enforcar com um mata-leão ao mesmo tempo, tentando usar todo seu peso para me derrubar. Então, quando eu virei para ele, com toda a quantidade de força… explodiu”

Julianna foi submetida a uma cirurgia para reparar o joelho em fevereiro. É provável que se mantenha afastada do octógono até 2015.

COMENTÁRIOS

comentários

Fabíola Nishi

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA