Irrestível, Tamara Leorde comemora nova conquista na carreira

Quem para Tamara Leorde? Estamos em outubro e a carioca segue irrestível na sua carreira como competidora independente da arte marcial em disputa, em agosto estreou com vitória no MMA profissional, recentemente venceu um duelo de submission no NCE com uma guilhotina, agora mais abusada e ousada roubou a cena no Intercontinental UIAMA Championship realizado no último final de semana no Rio de Janeiro.

O evento destacava várias modalidades de luta em pé, os amantes do kickboxing sabem que o esporte é dividido em seis estilos diferentes e Tamara competiu em três deles: Full Contact , Low Kick e Light Contact, as regras são diferenciadas, mudando o local que pode ser golpeado.

Feliz com a nova conquista, já que faturou o primeiro lugar nas três modalidades, Tamara contou de forma exclusiva como foi a sua mais nova façanha como atleta. Confira o bate papo rápido abaixo:

– Eu me inscrevi pra Lutar no Low Kick pelo título Semi Profissional, cinturão até 67kg, E no Light Contact amador. E de última hora, no dia da pesagem resolvi enfrentar a disputa de Título Semi Profissional, cinturão, de Full Contact também, no lugar da Juliana pois ela passou mal fazendo o corte de peso, e era a mesma categoria que a minha.

img_4340

A lutadora não esconde o orgulho e satisfação de ter levado para casa o primeiro lugar em três modalidades distintas mesmo resolvendo competir em cima da hora, seguindo apenas seus instinto de lutadora.

– Foi muito emocionante poder ter lutado em três categorias, e poder ainda ter tido a glória de me consagrar campeã em todas elas. Eu que sou meio fominha, e viciada em lutar, me senti igual criança no parque de diversões indo em todos os brinquedos kkkk
A cada luta que fazia eu acabei conseguindo conquistar mais o afeto do público presente. Não sei ao certo a quantidad de atletas e expectadores, mas creio que tivessem umas 2000 pessoas, sendo uns 500 atletas, mais ou menos. Eu só não lutei mais modalidades por falta de patrocínio, já que não tinha como arcar com todos os custos. Senão eu estaria em todas as modalidades de combate, estou muito feliz em ter conseguido liquidar mais dois títulos Semi Profissionais no meu esporte.

Tamara segue com sede de competição e deixa claro que esta aceitando qualquer desafio no MMA ainda para o final deste ano.

– E talvez eu faça mais uma luta ainda este ano, talvez eu defenda o cinturão do Favela Kombat ainda este ano, senão devo lutar o NCE 9, fazer uma luta de MMA. E se ainda assim não tiver adversária, faço uma luta de submission para fechar o ano com chave de ouro. Os dois eventos serão na mesma data.

COMENTÁRIOS

comentários

Pedro Henrique
Respiro WMMA 26 horas por dia, só irei descansar quando as mulheres chegarem no mesmo nível dos homens!

1 Comment

  1. suely

    20 de outubro de 2016 at 7:20

    PARABÉNS PELA REPORTAGEM…….
    AMO ESSA MENINA, TENHO CERTEZA QUE ELA VAI LONGEEEEE

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA