Especial Ronda Rousey parte III: O sonho pode não se tornar realidade

<p>&lt;p&gt;Nas duas semanas anteriores, tratamos sobre a trajetória fenomenal daquela que levou o público a não piscar em suas lutas, pois quando menos se esperava já era o fim para suas adversária. Especial Ronda Rousey parte I, (&lt;a href=”http://damadeferromma.com/especial-ronda-rousey-em-3-partes-o-retorno-ou-o-fim/”&gt;Clique aqui &lt;/a&gt;)&lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Ronda Rousey dominou o octógono, suas oponentes, as vendas de pay-per-view e o coração de muitos fãs. Tudo eram flores para Ronda, ou melhor, tudo era coxinha de frango frito( como costumava comemorar suas vitórias) que eram devoradas em meio a risadas e festa após as lutas.&lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Mas para todos chegam o dia ruim e não foi diferente com Ronda Rousey. Após ser derrotada no octógono, suas ações e depoimentos tem gerado grande expectativa nos fãs sobre seu retorno. Especial Ronda Rousey parte II (&lt;a href=”http://damadeferromma.com/especial-ronda-rousey-o-retorno-ou-o-fim-parte-ii-o-impossivel-aconteceu/”&gt;Clique aqui&lt;/a&gt;). &lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;A pergunta que fica no ar é: Ronda Rousey realmente voltará ao octógono? Existe muita especulação sobre o assunto e a cada dia que passa a dúvida aumenta ainda mais. Por incrível que pareça, algumas coisas que foram faladas no passado tem coincidido com a realidade da nova fase que Ronda tem vivido. Assim como Ronda previu como seria sua derrota para Holly (falamos em parte II), Ronda também convidou a todos a comprarem o pay-per-view, alegando que aquela poderia ser sua última luta. Se foi apenas uma estratégia para promover a luta ou Ronda teria tido mais uma “premonição” não sabemos. Tudo que sabemos é que talvez ela tenha acertado mais uma sobre seu futuro. &lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Porém vamos por em pauta alguns pontos importantes:&lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;O plano que falhou! A luta de abertura de Ronda no UFC foi incrível, e talvez o perigo em que Liz Carmouche a colocou tenha sido o ponto ápice (vimos na parte I deste artigo). Na ocasião, Ronda declarou: “Eu preferia ter meu pescoço quebrado a perder aquela luta. Perder nunca fez parte do meu jogo”. Com o passar do tempo, Ronda foi reforçando seu ideal de carreira perfeita e invicta. Conversas de bastidores dizem que o plano era fazer 15 ou 16 lutas e se aposentar entrando para a história como a primeira atleta de MMA a se aposentar invicta. &lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Psicológico questionável! Em 2015 Bethe Correia havia provocado muito a Americana chegando a falar até mesmo de família em suas provocações. Bethe disse: ” Não vá se matar após perder para mim”. A brasileira deu declarações de que não conhecia o histórico de suicídio da família de Ronda (o pai dela se suicidou) e que usou a frase como um ditado popular, uma expressão. De qualquer maneira Bethe parecia ter decifrado o fraco psicólogo de Ronda e apesar de não ter cumprido a promessa que fez de nocautear Ronda, viu Holly Holm executar o feito. Recentemente vimos Ronda revelando seus pensamentos suicidas e colocando sua motivação de viver em dar filhos ao seu namorado. &lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;&lt;a href=”http://damadeferromma.com/wp-content/uploads/2016/06/image70.jpeg”&gt;&lt;img src=”http://damadeferromma.com/wp-content/uploads/2016/06/image70.jpeg” alt=”image” width=”470″ height=”313″ class=”alignnone size-full wp-image-37243″ /&gt;&lt;/a&gt;&lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Adversárias de alto nível! Muita gente questionava o fato de Ronda escolher suas adversárias e atribuía suas vitórias a isso. Até Holly Holm provar o contrário, parecia que Ronda conseguiria se aposentar invicta e que a única capaz de por em cheque sua invencibilidade seria a brasileira Cris Cyborg. Esse duelo nunca aconteceu por vários impedimentos colocados por Ronda, porém hoje dois desses empecilhos caíram. Cyborg estreiou no UFC em luta de peso casado e algumas corajosas lutadoras já declararam que aceitam enfrentar a brasileira, assim como fez Leslie Smith. Isso coloca Ronda em uma posição difícil, já que a única barreira para a luta acontecer seria o peso (Ronda não aceita lutar em peso casado). Ficaria muito feio para Ronda voltar ao octógono, ver suas colegas de trabalho enfrentando uma lutadora que ela sempre recusou, sendo que existe um grande apelo dos fãs pra ver as duas em colisão. Além de Cyborg, Ronda sabe que não conseguirá evitar uma revanche com Holly e Cat Zingano que apesar de ter sido derrotado aos 14 segundos de luta no primeiro confronto ainda vem sendo cotada como uma grande oponente. &lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;&lt;a href=”http://damadeferromma.com/wp-content/uploads/2016/05/CiecN81UUAAOc9R1.jpg”&gt;&lt;img src=”http://damadeferromma.com/wp-content/uploads/2016/05/CiecN81UUAAOc9R1.jpg” alt=”cris cyborg” width=”600″ height=”338″ class=”alignnone size-full wp-image-36408″ /&gt;&lt;/a&gt;&lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Aparições fora de forma. Após a derrota, Ronda foi vista por algumas vezes nas ruas em uma forma física bem questionável. Os quilos adquiridos podem indicar que Ronda não vem treinando com frequência e que sua preparação física não tem sido prioridade. Além disso Ronda passou por uma recente cirurgia no joelho, dificultando ainda mais a possibilidade de treinar e se manter em forma.&lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;&lt;a href=”http://damadeferromma.com/wp-content/uploads/2016/06/image69.jpeg”&gt;&lt;img src=”http://damadeferromma.com/wp-content/uploads/2016/06/image69.jpeg” alt=”image” width=”313″ height=”470″ class=”alignnone size-full wp-image-37242″ /&gt;&lt;/a&gt;&lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Carreira fora do octógono. Apesar da devastadora derrota, Ronda continua sendo uma grande estrela por onde passa. Desde 2014 que Hollywood vem investindo na carreira de atriz da lutadora, que também vem estampando revistas, ganhando prêmios mundo afora e vislumbrando um mundo de oportunidades ao seu redor. Apesar de ser “concorrente” do UFC, um evento de luta coreografada vem assediando a lutadora que já até fez uma ponta no evento. O WWE vem se mostrando uma possibilidade de escape para Ronda, já que tem uma imensa visibilidade nos EUA e outros países além de ser um evento com fama de pagar muito bem seus funcionários. &lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;&lt;a href=”http://damadeferromma.com/wp-content/uploads/2016/06/image72.jpeg”&gt;&lt;img src=”http://damadeferromma.com/wp-content/uploads/2016/06/image72.jpeg” alt=”image” width=”496″ height=”297″ class=”alignnone size-full wp-image-37245″ /&gt;&lt;/a&gt;&lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Autonomia da divisão peso galo feminino. Até a derrota de Ronda acontecer era difícil imaginar a divisão peso galo feminina do UFC sem sua forte presença. Com seu afastamento, novas peças chave tem se levantado e o próprio UFC vem trabalhando a imagem de outras lutadoras já que não se sabe quando ou se Ronda voltará. Apesar de não terem o brilho e não trazerem os números que Ronda era capaz de trazer, Miesha Tate, Holly Holm e Cris Cyborg vem tomando espaço e dando uma cara nova para a divisão, mostrando que esta pode caminhar bem, mesmo tendo Ronda apenas como espectadora. &lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Colocados todos estes pontos, ficam os questionamentos.&lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Ronda Rousey teria motivação para voltar a lutar, já que seu plano perfeito de aposentadoria invicta, quebra de recordes e a memória de uma lutadora dominante foi desfeita?&lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Saber que o cenário da categoria tem sido renovado e que caso retorne estará sendo aguardada por Cris Cyborg, Holly Holm e outras atletas que podem lhe dar novas derrotas, soam como estimulo para Ronda treinar mais forte ou desestimulo temendo novas derrotas? &lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Teria Ronda forças e psicológico para superar a derrota, já que tem declarado não conseguir esquecer o que Holly lhe fez, dizendo ter medo de sempre ser lembrada pela derrota e não pelas vitórias? &lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Sabendo que sua carreira de sucesso não depende mais do UFC e que outras oportunidades milionárias estão ao seu redor, sua paixão por lutar seria tão grande a ponto de se arriscar a ser derrotada novamente e manchar seu cartel com uma nova derrota?&lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Bem, o sonho de muitos fãs é ver a Rainha do peso galo voltar e voltar bem. Apesar do UFC vir declarando que Ronda voltará no fim do ano ou no início de 2017, não temos visto manifestações da própria lutadora que ainda está recolhida após a derrota, não se mostrando para a mídia, ocupando seu tempo com projetos pessoais e de Hollywood. De fato é incomum ver uma derrota abalar tanto uma lutadora. Miesha Tate superou a derrota várias vezes, deu a volta por cima e hoje é a campeã do evento. Holly Holm perdeu seu cinturão e voltou para academia na mesma semana declarando que treinaria mais forte para voltar a recuperar o cinturão perdido. Cat Zingano passou por momentos muito difíceis (lesões e o suicídio do marido), porém, ainda no mesmo ano que foi derrotada voltou a treinar e declarou que o motivo de sua longa ausência do octógono se devia ao tratamento de lesões e a busca por fortalecer seu psicológico. &lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;&lt;a href=”http://damadeferromma.com/wp-content/uploads/2016/06/image71.jpeg”&gt;&lt;img src=”http://damadeferromma.com/wp-content/uploads/2016/06/image71.jpeg” alt=”image” width=”470″ height=”313″ class=”alignnone size-full wp-image-37244″ /&gt;&lt;/a&gt;&lt;/p&gt;<br />
&lt;p&gt;Não sabemos se Ronda voltará, porém ao que tudo indica, Ronda estaria seguindo o mesmo passo do ex-campeão Anthony Pettis, que perdeu o cinturão e também as boas performances, fazendo boas lutas porém saindo derrotado de todas elas. É nítida a falta de confiança de Pettis que entrou com o psicológico abalado em suas duas últimas lutas e ainda não conseguiu mostrar todo seu potencial. O retorno de Ronda Rousey ao octógono ainda é uma incógnita e todos gostariam de vê-la voltar. A questão é: Ronda vai mesmo voltar a lutar? Caso volte, seria Ronda Rousey a mesma máquina de finalizar lutas? Por fim, apesar do grande desejo dos fãs, o sonho pode não se tornar realidade. &lt;/p&gt;</p>

COMENTÁRIOS

comentários

Edgard Garcia
Edgard Garcia, brasileiro, amante de lutas e de esportes. "Vejo o MMA como paixão mundial dentre alguns anos, e amanhã, quando olhar para trás, quero ver o quanto o esporte evoluiu, as oportunidades cresceram e a vida de muitos tomou um rumo melhor por meio do desporto".

9 Comments

  1. Maycon Serra

    26 de junho de 2016 at 3:02

    Excelente texto, só quero acrescentar uma coisa. Ronda é um judoca de nível olímpico, não é a primeira derrota na carreira. Ela vive luta maior parte da sua vida desde de criança, talvez precise apenas de umas férias. Torcendo pelo melhor.

  2. Aliny

    26 de junho de 2016 at 10:37

    A matéria podia ter sido boa mas com informações manipuladas desse jeito ficou muito ruim, quem escreveu claramente demonstra que não sabe fazer uma leitura apropriada de uma sequência de acontecimentos, se é que conhece realmente os fatos ou escreveu a partir das infos que mais agradam seu gosto pessoal.

    Ronda já se manifestou na mídia umas 5 vezes depois que perdeu e em todas disse que vai voltar, dois programas de TV, duas matérias em revistas e um vídeo de paparazzi, isso só o que eu vi ela falando que vai retornar sim. Quando ela ainda estava com o maxilar fraturado ela se pronunciou dizendo que ela precisa da revanche contra Holly e é o que ela mais quer, antes de Holly e Miesha lutarem ela disse que ia torcer por Holly pois queria ser a única a ter a honra de derrota-la. Isso tudo está na internet é só pesquisar. Então não tem essa de “Ronda não vai ter como evitar”, ou algo que assim que foi escrito,como se ela nao quisesse lutar.

    Nao entendi essa de escrever que “muitos questionaram as adversárias da Ronda,dizendo que ela escolhe adversárias”, Ronda enfrentou todas as meninas que estavam no topo da categoria, isso é escolher? Qualquer pessoa que sabe fazer analises serias de MMA sabe disso….Precisa citar esse questionamento de gente que não sabe fazer análise de nada num texto que supoe-se sério?
    E ainda tem o fato do Dana ja ter se pronunciado umas 3 vezes dizendo que Ronda volta sim, todas as vezes que ele encontra com ela e é questionado. Ah e nem citei o evento que divulgou o UFC liberado em NY, Ronda demonstrou naquele evento mais uma vez que vai voltar sim.
    Ela vem treinando leve desde que foi liberada pra isso, quando seu maxilar se recuperou totalmente ela passou a treinar como antes , isso se deu em fevereiro e é possível desde então ve-la treinando em fotos e vídeos ué ocasionalmente aparecem.
    Isso tudo ja é suficiente pra rebater isso de que Ronda não está treinando ou foi vista acima do peso. Aff Ronda ficou acima do peso só umas 3 semanas, depois já recuperou e já está há meses com o corpo que sempre manteve. Quem escreveu isso está MTO mal informado. E ainda tem mais coisas manipuladas e ou tendenciosas nessa matéria, mas não vou rebater tudo. Mesmo sendo um artigo independente isso da uma queimada no filme da página.
    A pessoa quer escrever sobre o que uma lutadora anda fazendo sem saber o que ela anda fazendo! Aí complica! Ou então a intenção do texto é ser manipulador mesmo e ultra tendencioso.

    • Edgard Garcia

      Edgard Garcia

      27 de junho de 2016 at 13:29

      Olá Aliny. Críticas são sempre bem vindas. O especial Ronda Rousey foi escrito em 3 partes e deve ser visto como um todo. A matéria foi tratada como “especulação” (veja parte II) e analisada levando em consideração os acontecimentos mais recentes, afinal trate-se de sensibilidade para tentar perceber o cenário atual. Obrigado por sua participação.

    • Otávio

      27 de junho de 2016 at 14:42

      Gostei muito do texto. Em nenhum momento o autor disse que Ronda não voltaria. O tempo verbal está bem colocado e não há afirmação sobre o que vai ser do seu futuro, apenas hipóteses ou a maneira como ele vê as coisas acontecendo. Pode ser que ele esteja errado, mas também pode estar fazendo uma boa leitura. Eu acho que Ronda volta, mas foi bom ter uma outra perspectiva sobre o assunto.

  3. Edson Costa

    26 de junho de 2016 at 16:46

    Excelente texto. Parabens

  4. Eduardo Madeiro

    27 de junho de 2016 at 14:02

    Ótimo texto.

  5. Stefani

    27 de junho de 2016 at 20:57

    Dos três artigos esse foi o que mais gostei.

  6. Stefani

    27 de junho de 2016 at 21:02

    Li os 3 artigo e achei o desfecho top. Só o futuro vai revelar se ela volta e como volta.

  7. Ruan

    5 de julho de 2016 at 1:06

    Cara eu penso a mesma coisa, mais o que eu acho que se passa na cabeça de ronda é, se eu voltar e perder mais uma ? , acredito que ela pensa assim, Queira ou não os fãs da ronda, holly e o pesadelo dela, acredito que duas podem derrotar ronda sem ser holly, cris cyborg e cat zingano, cara a cat zingano e muito forte, a cris cyborg mais ainda, acredito que cat quer uma revanche a muito tempo, e ela tem direito disso, acredito também que Miesha esta fazendo pressão na ronda para ela voltar e meio que um apoio oculto, e acredito que a trilogia delas será lutãao, pois miesha e outra pessoa agora, mais forte, ronda e muito infantil psicologicamente quem acompanha ufc sabe disso, o fato de não ter aceitado a derrota foi por ser mimada demais, ninguém e invencível, eu sabia que ela iria perder um dia, mais não sabia quem seria a forte concorrente.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA