Brasileira e mais duas atletas são demitidas do UFC

Estar no maior evento de MMA do mundo não é para qualquer atleta. Mas uma vez a tesoura do UFC passou e cortou atletas que não lhe renderam o que se esperava. A americana Elizabeth Phillips, a Romena Cristina Stanciu e a brasileira Larissa Pacheco não foram perdoadas e estão demitidas.

Com apenas uma vitória em quatro lutas, Elizabeth mostrou que ainda não pertence ao grupo das melhores lutadoras e sua única vitória no UFC foi sobre Jessamyn Duke, que aliás entrou e saiu do evento sem provar o sabor da vitória. Sua última derrota para Raquel Pennington decretou sua demissão.

O caso de Larissa Pacheco e Cristina Stanciu é semelhante. Ambas estrearam no UFC para substituirem atletas lesionadas assumindo a luta em cima da hora, sem tempo de camp ou oportunidade de estudar sua adversária e acabaram derrotas. Pacheco sofreu um nocaute técnico nas mãos de Germaine de Randamie e Sticiu foi atropelada no 1 Round pela americana Cortney Casey.

Não são todos os casos em que o UFC demite seus atletas por sofrerem duas ou mais derrotas seguidas, a exemplo de Jessica Eye que tem apenas uma vitória em 7 lutas sendo 4 revezes seguidos e ainda assim configura o plantel de atletas da franquia.

Muitos atletas demitidos do UFC refizeram seus caminhos em organizações menores e foram recontratados pelo evento. Quem sabe ainda não ouviremos essas atletas novamente sendo anunciadas por Bruce Buffer? Só o tempo e o trabalho duro poderão dizer.

COMENTÁRIOS

comentários

Edgard Garcia
Edgard Garcia, brasileiro, amante de lutas e de esportes. "Vejo o MMA como paixão mundial dentre alguns anos, e amanhã, quando olhar para trás, quero ver o quanto o esporte evoluiu, as oportunidades cresceram e a vida de muitos tomou um rumo melhor por meio do desporto".

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA